Ensaiamos uma pauta relâmpago, mas não fomos muito longe do Wilhelm Scream. Se bem que, pensando bem, o Wilhelm Scream é perfeito para o fim de um feriado.

Escute agora!

Assine o nosso feed ou baixe o Bilheteria #29 – Transparent, Demolidor e Paranorman e escute no seu player predileto

Participantes:

Heitor De Paola
Henrique Sampaio
Caio Teixeira

Assuntos abordados:

9m – Pauta relâmpago: Sons Comuns aos Filmes e Séries
20m – Série: Transparent
41m – Livro: Vício Inerente
45m – Animação: Paranorman
55m – Série: Demolidor
1h11m – Emails

Caso tenha interesse, assine o nosso Patreon!

Envie emails com perguntas e sugestões para: bilheteria@overloadr.com.br ou para http://ask.fm/bilheteria

  • Thiago Nunes

    Sons clássicos: toda, toda, TODA a maldita biblioteca de efeitos sonoros da Hanna Barbera.

    https://www.youtube.com/watch?v=KBuhEHVB8L8

  • Ramon Fernandes

    Som da TARDIS é clássico, eu ao menos sabia o que era mesmo antes de olhar doctor who

  • Felipe Pimentel

    Para o cara que comprou 3 lugares no avião: definitivamente, vc não é babaca… vc é meu ídolo, cara!! E é meu ídolo 2x mais por não ceder os lugares pra família feliz e, provavelmente, barulhenta que seria um incômodo maior ainda pra sua viagem.

  • Basicamente, a convenção atual é:
    – Teaser: tem cenas avulsas e nenhuma menção ao enredo
    – Trailer: já expõe pelo menos um dos conflitos que guiarão a trama

    • E SÉRIO que vocês realmente não sabiam que Vingadores 2 estreava esse ano ou estão só bancando a imagem “sou cult demais para me importar com isso”? O.o

      • Fabiano

        às vezes escapa do radar. GTA5, por exemplo, eu só fiquei sanbendo do lançamento na semana que ele saiu. E se não fosse pelo Jovem Nerd eu também nem saberia nada dos filmes da Marvel, mesmo gostando muito deles.

      • Heitor De Paola

        Me escapou mesmo, não acompanhei nada sobre o filme fora ver os traileres. Daí sei lá por qual motivo achei que ainda demoraria mais tempo para ele sair. Mas estou animado em assisti-lo hoje.

      • Nem todo mundo vive na mesma frequência que você, rapaz, bem simples.

    • Sobre o Rei do Crime, ele era um vilão menor do Homem Aranha, que eventualmente foi migrado para o núcleo do Demolidor. E o nome do ator que vocês não estavam lembrando é Vincent D’Onofrio. Ele também era aquela Barata Gigante do primeiro Homens de Preto

    • Pô, Caio, o cara PAGA para ter os assentos para ele, e tem que ser obrigado a CEDER o lugar só para “ser legal”? Na boa, não gosto dessa atitude ~socialista~ de “me dá essa parte aí que você não está usando, logo, está desperdiçando”. Se o cara PAGOU A MAIS para ter esse direito, ele MERECE ter esse direito.

      • Socialismo: Refere-se a qualquer uma das várias teorias de organização econômica, advogando a administração e a propriedade pública ou coletiva dos meios de produção e distribuição de bens, assim como uma sociedade caracterizada pela igualdade de oportunidades e meios para todos os indivíduos.

        Socialismo não é pegar o que é seu e dividir entre o resto. Nunca nem cheguei perto de falar algo desse tipo. Enfim…

        Não é atitude socialista, é empatia pelo próximo. Se o aviao tá vazio ele pode simplesmente mudar para outro lugar com poltronas vazias. Sim, a aeromoça que o ignorou foi uma imbecil. E eu não acho que o cara tá errado, falei isso no podcast, só acho cuzão, são duas coisas bem diferentes.

    • Quem fazia colar de orelhas era o Dolph Lundgren no filme “Soldado Universal” 😀

  • Pedro Silva

    Preciso comentar sobre os emails lidos no cast.
    Não acho que o cara dos 3 lugares no avião esteja errado em compra-los, tampouco acho que ele esteja errado em não deixar outras pessoas sentarem nos lugares dele. Ele só foi um pouco egocêntrico e misantrópico haha.
    Eu concordo com o Caio sobre as pessoas em restaurantes que ficam batendo papo após terminarem suas refeições, não acho que elas tem obrigação de largarem sua mesa porque outros estão esperando, mas acho que um pouco de bom senso e empatia com o próximo são sempre bem vindos.
    Fiquei surpreso positivamente com o menino que foi abusado, que aparentemente superou isso já que seus problemas agora estão com os familiares. Me parece que a mãe dele está meio que inconscientemente se vitimando da situação e usando a religião como um escape. Não saberia dizer pra ele o que fazer nessa situação já que no meu caso seria bem direto e jogaria todos os fatos na mesa: sou agnóstico, não quero saber sobre sua religião, lide com isso.
    No mais, ótimo cast como sempre, e obrigado por animarem meu feriado 😀

  • je suis omelette du fromage

    sobre os assuntos nesse podcast:
    sobre o cara que comprou os assentos – ele estava no direito dele. pode resumir a questão para efeitos práticos dessa maneira. quanto a se é moralmente certo ou errado, depende muito da ideologia, mas confesso que na minha ideologia liberal, concordo com Heitor (coisa que tem acontecido muito ultimamente).
    ps.: gosto bastante das opiniões do Teixera mais apaixonadas e jeito meio indie do Rick.

    Sobre o caso do menino – passo por uma situação parecida quanto a parente crente. mas concordo de novo com o Heitor. E independe do que acho sobre o assunto, o fato é, ele ainda mora com a mãe, então não é pratico bater de frente nessa questão. é melhor uma abordagem mais leve, não ouvir muito e se afastar lentamente toda vez que o assunto entrar em questão. e sobre apresentar a menina, quem namora é o garoto e a casa e dos pais, não precisa da aprovação de ninguém para namorar ninguém (apesar de ser bom ouvir conselhos), mas a casa e dos pais.apresente se tiver necessidade, no máximo se não for bem aceito, evite levar em casa.

    • je suis omelette du fromage

      há meu nome é Sergio, esqueci que estou com um nick. só vi depois que comentei.

  • Radoc Lobo

    Dois sons classicos:
    Um lobo que nunca aparece uivando mas o uivo toca só pra mostrar que o ambiente é tenso.

    Alguma coisa metalica abrindo. Esse mesmo barulho aparece pra portinhas, portões e até o Beakman usava nos programas.

  • Antonio Marcelino

    O cara do avião é MUITO cuzao vei, pelo amor de deus. Quer conforto? Compra um avião ou um barco só pra vc, absurdo isso. A não ser que você seja obeso, engole o choro

  • OfudouMyou

    não ouvi ainda, mas espero de coração que o heitor tenha sido quem viu transparent e tenha mencionado que eu implorei pra ele ver em pelo menos 3 comentários passados assim que lançada a série!!!

    E que o Teixeira tenha visto Rick & Morty!

    E que o Henrique tenha visto pelo menos o episódio 7 (sério, só a cena da sala de aula!!) do Anime que enviei pra ele ainda na época do Arena =( (aku no hana)

    • Heitor De Paola

      Rapaz, eu tenho más notícias.

      • OfudouMyou

        kkkk putz…
        abram logo a caixa postal ou dá o endereço do teixeira pra gente enviar as coisas… tive no japão há algumas semanas e tava a fim de ter trazido uns games velhos do super potato pro retroscópio! se tivesse achado vagrant story (vocês precisam fazer!), teria comprado na mesma hora.
        inclusive, digam os consoles antigos que vocês têm, talvez a galera que já tenha jogos possa já preparar pra enviar

  • Guilherme Bueno

    Ei, o Demolidor tem super poderes sim. Não é algo que ele desenvolveu depois da cegueira, tanto que tem aquela cena do Mathew (criança) enlouquecendo ouvindo as coisas e daí o Stick chega pra treiná-lo e ele aprende ~controlar~ isso (e dar soquinhos). É o clichezão do lixo tóxico que aprimorou os sentidos dele.
    http://marvel.com/characters/11/daredevil

  • crazy_CGN

    Olá a todos.

    Sobre se os bonecos dessas animações em Stop Motion quebram, eu acho que especialmente do estúdio Laika que produziu o filme não deve ocorrer. Nesse making of do boneco do norman dá pra ver o preciosismo que eles tem, é o tipo de coisa que eu imagino algumas brigas entre os animadores depois das filmagens pra ver quem leva pra casa.

    https://www.youtube.com/watch?v=CGnBT0J5jCs

    E sobre o tempo de duração, quando eles fizeram o making of pra Coraline, lembro que era algo entre 7 segundos por semana, deve ser uma variação nessa média pra Paranorman

    https://www.youtube.com/watch?v=vu62AzWPTDs

    Eu sinto que entendo um pouco dessa questão de que por maior esforço que seja o resultado de uma semana é minusculo porque comecei e estou tentando seguir carreira como ilustrador tradicional.
    E pra piorar a situação estou me projetando por utilizar uma técnica de pontilhismo que é executada com um bico de pena minusculo, então sinto muitas vezes essa questão da demora constante de quase meses pra terminar uma unica pintura. Essa eu demorei 6 meses entre os intervalos do emprego e era apenas um A4 http://narumitsumi.deviantart.com/art/Bane-Pointillism-445192255

    É isso,
    Abraços.

  • gabriel henrique

    o meu iphone tambem me chama de feriados do brasil hahahahah

  • Jean Moreno

    Então sobre a treta do Batman vs Superman que o Teixeira tentou abortar é a do Batman: Cavaleiro das Trevas – Parte 4. Que se passa em uma época onde os heróis mascarados foram abolidos de seus “cargos de justiceiros” (a cerca de 20 anos) e apenas o Superman continuou como o defensor dos EUA agindo sob a “custodia” do Presidente em casos pontuais, no caso o “Batman volta a atuar e fica fora de controle” pq Gotham está um caos e entregue aos bandidos, então treta, treta, treta, uma gangue Mutantes e a primeira Robin, treta, treta, volta do Coringa e a Mulher Gato gorda agenciando garotas de programa, treta, treta… Uma bomba “atômica” lançada nos Eua pela União Sovietica que é Interceptada pelo Super e explode e os EUA ficam na merda, menos Gotham que está sob os cuidados da Morcega, com isso o Governo considera que ele está fora de controle já que ele manda e desmanda em Gotham e mantem ela funcionando enquanto o pais tá na merda, e a Escoteira Azul é mandada pra persuadir a Morcega a voltar as sombras e deixar de atuar, ai o pau come… e o resto ninguém liga e eu posso estar misturando a Animação com a HQ do Frank Miller mas no geral é isso dai :))

  • Insidia Rock

    Engraçado como as vezes eu concordo mais com um overloadr num podcast, e em outros não. Em alguns concordo com o heitor, em outros com o henrique, e nesse tudo que o teixera disse eu concordo. (ainda mais durante os e-mails hehe)

  • Rodrigo Pillotto

    Na peleja do avião, entre ser cuzão ou não, eu to com o Heitor.
    Mano, o cara pagou pra ter o espaço dele. Não faz sentido abrir mão, só pra uma família poder viajar lado a lado.
    Ainda se fosse o caso do avião estar lotado e um membro da familia fosse ficar de fora porque você ta com um lugar “sobrando”, ai entendo ceder o lugar (e cobrar o reembolso da compania).

    No esquema do restaurante, também concordo com o Heitor.
    Se for um fastfood, nesses “coma a vontade por 8 reais” ou praça de alimentação, faz sentido liberar logo o lugar em prol da humanidade (assim como levantar e levar sua bandeja pro lugar adequado) pois o esquema lá é comer e pronto.
    Já num restaurante a coisa muda, nesse caso a comida é apenas parte do conjunto. Vira um evento a ser curtido com seus acompanhantes…

  • Bom episódio e admito que ri toda hora que o Heitor gritava hahahaha.

  • Platynews

    Só gostaria de dizer que sempre falam de stop motion falam de “tudo feito a mão”.
    O Paranorman por exemplo tem bastante uso de impressora 3d na criação das expressões dos personagens
    http://variety.com/2012/film/news/3d-printers-boost-look-of-laika-s-paranorman-1118057663/

    O vilão da série do demolidor é a barata do mib !

  • Andrey Ricardo Monteiro