Voltamos alguns anos no tempo e rejogamos alguns títulos maneiros, além de passar muito tempo discutindo sobre Xuxa e Qual É A Música.

Chega mais!

Assine o nosso feed ou baixe o MotherChip #45 – Journey e Tokyo Jungle e escute no seu player predileto

Participantes:

Caio Teixeira
Heitor de Paola
Henrique Sampaio

Assuntos abordados:

22m – Journey (PS4)
27m – Tokyo Jungle
32m – Tembo The Badass Elephant
41m – Batman: Arkham Knight
52m – Lost Dimension
59m – Notícias
Ouya é comprado pela Razer
WWE 2K16 permitirá que joguemos com o T-800 de O Exterminador do Futuro
Maratona de speedruns, Summer Games Done Quick começa neste fim de semana
– Beta de Street Fighter V é retirado do ar, foi adiado indefinidamente
– Antidopping da ESL e NADA
– Fim do banimento dos consoles na China
1h20m – Emails

Música de Encerramento: BlazBlue – Calamity Trigger

Assine agora o nosso Patreon!

Envie perguntas para o email motherchip@overloadr.com.br

  • Jurei que tinha dado pau no feed e que estava recebendo episódios antigos

  • Thiago Nunes

    PABLO! O NOME DO CARA DO QUAL É A MÚSICA É PABLO!

    Pronto, precisava tirar isso do caminho.

    • Vim aqui pra ver se alguém já tinha falado! Difícil aguentar hahaha

    • André Luz

      rapaz a falta de memoria deles pra tudo as vezes me assusta ahuehuaehuaheuh

  • Willian Tetsuo Shiratori

    Um run bem divertido foi a do Octodad, em co-op. Nem imaginava que o jogo tinha um bugs bizarros!

  • Jonathan Menegalli

    gente, alguém me explica esse negocio de baleia sem dente.

    Mr olympia é de fisiculturismo e mr universo são só caras bonitos.

  • Victor Domiciano

    Henrique, por favor tem o link do artigo do médico sobre comportamento de gostos musicais?

  • MrSandman

    Tem um comunidade no Reddit dedicada a ajudar outros usuários a descobrirem o nome de jogos obscuros. /r/tipofmyjoystick é especifico para jogos, mas /r/tipofmytongue é a versão “general”, pra tudo quanto é coisa. Pode acabar ajudando alguém.

  • Manoel Ricardo

    sobre o jogo da game freak não feito pra plataforma da nintendo:
    http://www.hardcoregaming101.net/pulseman/pulseman.htm

  • Ainda nem escutei, mas só de ver o nome Tokyo Jungle já me animei, tava jogando esses dias agora com o intuito de abrir todos os animais =D

  • Antonio Marcelino

    LOnge de mim defender a Xuxa Meneghel, mas se o filme pornô dela que vocês se referem é Amor, Estranho Amor então vocês estão enganados. Vejam o filme, não é pornô. É um drama erótico, tipo Fome de Viver, Pecados da Carne e tal. O filme é bom pra caramba e ganhou inclusive uns prêmios na época. Antes da polêmica da Xuxa ele era conhecido como filme “de arte”

    • A Gente Duplo

      Eu até estava me perguntando se eles estavam se referindo a outro filme dela que eu não conhecia! Para os EUA conhecerem ela como “atriz pornô”, deve haver algum outro filme, né?

      • rodrigo

        isso é verdade, por causa deste filme ela é conhecida como ator porno

    • Heitor De Paola

      Oi Antonio,

      Eu que me referi à “atriz pornô”. Eu sei sobre Amor Estranho Amor (não o vi inteiro, apenas cenas, mas o conheço). O que estava dizendo é que nos EUA ela é referida e conhecida como atriz pornô, pelo que entendo justamente por conta do filme. A percepção é incorreta, é claro, mas pesquise “Xuxa porn actress” e você verá que a dúvida persiste até hoje entre algumas pessoas.

  • Felipe

    Para o amiguinho que queria Criatura Crunch ou “Jogo do Menino Que Virava Monstro Acidentalmente”, dá uma olhada no grupo do Facebook. (não sei se tem algum problema compartilhar o link pra download aqui)
    Ps: Sou contra pirataria, mas em casos que não há outro jeito de conseguir o jogo e não vá prejudicar ninguém, não faz mal 🙂

    • Ramon Fernandes

      Obrigado cara ! Encontrei lá, valeu.

  • Lucas Vaz

    Só um adendo: o jogo do Pato Donald que o cara tava fazendo speedrun é o Donald Duck – Maui Mallard in Cold Shadow, puta jogo bom e difícil. E o Rique tava falando lá da parte da camisa floral, ainda é o mesmo jogo só que no início antes dele pegar a roupa de ninja.

    É um jogo bom pra Retroscópio se a logística permitir ein!

  • Diego Barboza

    Sobre o mercado Chinês, o Xbox já havia sido lançado lá mas havia um controle do governo em relação aos jogos lançados lá. Inclusive havia um controle da proporção entre jogos domésticos e estrangeiros. Sei disso porque nós estávamos estudando lançar o Unnamed Fiasco por lá também. Com essa nova abertura, ainda não ficou claro o quanto isso vai mudar.

  • Platynews

    Maui Mallard é bom e a versão de SNES foi um dos poucos jogos que a speedrun do SGDQ foi record mundial ! =O

    Smash bros é jogo de luta sim e todos os argumentos contra soam identicos a pessoas que falam que jogos mobile/facebook “não são jogos de verdade” e pq nenhum dos estudos que mostram que mulheres jogam pra kct “não contam’..

    Bushido Blade tb entraria em “não é jogo de luta” junto com Power Stone e se bobear até Divekick e Towerfall =P

  • Schiavini

    Correção para o Caio Teixeira:

    A promoção de jogos da Folha (que era chamada de Super Games Folha, também tinha sua continuação Super Games 2000) não tinha o Full Throttle. Vinha 12 jogos, na sequência de lançamento nas revistas:

    International Rally Championship
    3D Ultra Pìnball Creepy Night
    MDK
    Criatura Crunch – O Monstro
    Cyber Gladiators
    Hunter Hunted
    Speedboat Attack
    Rising Lands
    Comanche 3
    POD
    Iznogoud
    Waterworld (um RTS à la Commandos do filme. Uma bosta)

    Tenho todos eles até hoje. Muitos são horríveis mesmo.

    • Aqui no Rio saiu pelo Globo. Comprei todos os jogos, juntei os selos, os sei lá quantos reais e peguei o “super” manche de controle: um controle tipo manche e mais botões (e alavancas!) que tinha visto num até então 😀

    • De todos esses os únicos que joguei foram MDK (sensacional!) e POD (adorava! Baixava vários e vários mods para incluir novos carros e pistas). O Pinball de vez em quando. O resto eu passei longe 😛

      • Schiavini

        O de Pinball era fantástico também.

    • Fui verificar e aqui só tenho 10 jogos. Não lembro do MDK na coleção e do Rally Championship. O MDK eu peguei numa Revista do CD ROM

  • Schiavini

    Mais uma correção, sobre os clocks:

    O botão turbo existia quando havia programas que rodavam independentemente da velocidade de clock do processador. Alguns programas só rodavam direito a 133Mhz, então tinha que tirar o turbo para poder usar o programa direito.

    Peace out!

  • Cês viajaram na arma do Batman: é aquela arma de eletrochoque do City, que está logo na entrada da sala de evidências. Só aproximar e usar o botão de ação para pegar a arma. É essa a arma que o Charada quer que você obtenha. Não são as luvas do Choque 😀

  • O botão TURBO servia para DESACELERAR o PC. Acontece que era bem comum na época os jogos de DOS serem programados sem levar em conta o timing. Eles testavam os jogos e temporizavam tudo de acordo com o máximo que os XTs e 286’s da época conseguiam processar. Só que aí nas gerações seguintes esses jogos se tornaram injogáveis, pois eram tão rápidos que era impossível conseguir controlá-los. Então o “turbo” estava lá para REDUZIR a velocidade do PC de volta para algo próximo da época dos XTs e 286’s. DEPOIS com o tempo eles passaram a considerar o timing, forçando esperas de um quadro para o outro se o processamento terminasse antes do tempo, mantendo a jogabilidade praticamente uniforme OU calculando uma posição intermediária menor levando em conta quanto tempo se passou do início do processamento do frame anterior até o início do atual que está sendo processado. Seu PC até poderia ser lento demais para algum jogo, mas esse mesmo jogo nunca rodaria em velocidade acelerada em PCs que dessem conta dele. Tal como é até hoje em dia

  • Vinicius Siviero

    Como vocês conseguiram fazer um podcast tão divertido? Muito bom! Obrigado.