Chamamos os criadores do Escape Room SP para falar sobre essa febre que tem se espalhado pelo mundo para entender de onde surgiu, para onde vai e pedir para nunca colocarem quebra-cabeças com matemática.

Faça agora sua reserva no site do Escape Room SP e utilize o cupom “overloadr+ersp” para ganhar 10% de desconto no total da reserva!

Escute agora!

Assine o nosso feed ou baixe o Bilheteria #73 e escute no seu player predileto

Participantes:

Caio Teixeira
Heitor De Paola
Toni Wang
Danilo Maia

Assuntos abordados:

5 min. – Escape Rooms
1 h 32 min. – Emails

Música de Encerramento: Frank Zappa – Peaches in Regalia

Caso tenha interesse, assine o nosso Patreon!

Envie emails com perguntas e sugestões para: bilheteria@overloadr.com.br ou para http://ask.fm/bilheteria

  • PauloHDSousa

  • Henrique Alves

    Pow vey nem escutei mas so a ideia achei sensacional!!Espero ver um desses aqui em recife um dia!

  • FHC

    Cês sabem que a Dream Valley geralmente é feita no Beto Carreiro?
    MEU SONHO IR CARAAA

    • El Luchador

      É massa. Vale a pena se tu curte a vibe.
      : )

      • FHC

        A ideia de um festival desse em um parque é foda d+, mas duvido que os brinquedos funcionem no evento, certo? Seria muito bom ir na montanha russsa vendo a galera nos shows

    • Heitor De Paola

      O que é Dream Valley?

      • El Luchador

        Um festival de música eletrônica aqui em SC, no Beto Carrero, que reúne quase 50 mil pessoas.

  • Guilherme Gondin

    Acho que caberia bem no Motherchip, afinal é uma jogo :p

    Mas tanto faz, é muito massa, estou pensando que dia é o ideal pra minha reserva aqui kkkkk

  • AnaniasJr

    Até quando dura o voucher de desconto?

    • Heitor De Paola

      A gente ainda vai confirmar, mas parece que cerca de dois ou três meses.

  • Matheus Leston

    durante a gravação e mesmo depois eu fiquei pensando muito sobre o cara que escreveu o email, falando da situação em que está. e, cara, se você estiver lendo isso eu só queria te incentivar a realmente procurar ajuda especializada.
    eu sei que essa situação é uma bosta, por duas razões. primeiro, porque isso leva você a admitir a si mesmo coisas difíceis, que precisa de ajuda. mas essa é talvez a parte mais difícil e você já conseguiu, esse email prova isso. a segunda complicação é que realmente existe um preconceito gigantesco com essas questões de saúde mental. parte das pessoas acham que é coisa de gente “louca da cabeça”, parte das pessoas acham que é gente que não tem do que reclamar achando problema pra sofrer (classe média sofre). mas não, não é nada disso.
    eu não sou nem um pouco qualificado pra falar sobre esses assuntos, mas pelo que conheço você pode estar descrevendo um caso de depressão. e se esse for o caso, é importante que um especialista saiba identificar e tratar. depressão não é mimimi, depressão é doença. e não é culpa sua.
    não estou querendo dizer que você nunca vai conseguir sair dessa sem ajuda, mas existe gente pronta pra ajudar e você ir atrás não faz de você um perdedor. pelo contrário: concluir que sozinho está muito difícil é uma puta vitória, mesmo. porque o ponto é o seguinte: como você disse no email e como os caras comentaram no podcast, você reconheceu que o problema está em você. mas isso não quer dizer de forma nenhuma que é culpa sua ou que agora você tem que resolver isso sozinho.
    enfim, sei que você descreveu uma situação complicada, mas, como eu disse, se você estiver pensando em procurar um especialista, seja falando com sua família ou indo atrás dessas opções que os caras disseram, eu super te incentivo. vai nessa, bicho.

  • Vigo

    Ao garoto do e-mail, que com 22 anos acha que não tem mais volta pra nada:

    Não vou falar sobre a parte psicológica, pois não entendo disso. Vou falar sobre a área profissional e sua afirmação de achar que está tarde demais pra mudar de área.

    Cara, eu tenho 30 anos, sempre fui um aluno medíocre (cara do fundão que só estudava no dia anterior a prova, e às vezes nem isso!), não carreguei quase NADA de aprendizado da escola, saca aquele tipo de conhecimento que vc só tem pra fazer a prova e depois esquece? Então, eu era assim. Trabalhei na empresa da família durante 15 anos, estava acomodado e até bem financeiramente, mas completamente infeliz com o que eu fazia. Sempre pensei em fazer Medicina, mas por ter sido um aluno horrível e ter feito outra faculdade, achava esse sonho completamente impossível, tanto por não ter base da escola pra fazer um vestibular, quanto por pensar que com 24 anos era tarde demais pra fazer outra faculdade e mudar de área.

    Hoje quando lembro desse pensamento tenho vontade de voltar no tempo e socar meu eu mais jovem e estúpido. Só tinha 24 anos! Se eu me esforçasse muito e estudasse e entrasse na faculdade com 25, me formaria médico aos 31! Basicamente, daqui um ano eu estaria na profissão que eu quero e com mais da metade da vida ainda pela frente! O tempo passou de qualquer maneira, e eu não aproveitei.

    Então os anos se passaram de qualquer forma (comigo sendo infeliz), e agora, aos 30 percebi o quão estúpido era esse pensamento e que ainda sou jovem o bastante pra mudar de área até 2 ou 3 vezes se eu quiser. Comprei livros didáticos e estudo antes do trabalho e a noite todos os dias. Um degrau por vez. Vc ainda tem a vantagem de ter muito tempo livre.

    Perceba, se eu continuasse com o mesmo pensamento que o seu, os 6 anos da faculdade de medicina passariam de QUALQUER JEITO. Tive que decidir: Quero ter 36 anos e estar próximo de estar me formando, ou no mesmo trabalho e infeliz pra sempre?

    Pense nisso. Use a lógica. Vc prefere se esforçar agora e daqui um ano estar estudando/fazendo algo que vc gosta, ou prefere que esses anos passem (o que é inevitável) e vc continue infeliz por achar que já passou da hora de fazer mudanças?

  • Teixeira não gostou da segunda temporada do Demolidor, Heitor acha que Arctic Monkeys não é nada de mais.

    Rique é o meu overloadr preferido a partir de agora.

  • Michael

    Não conhecia essa modalidade de jogos tipo o escape room. fiquei realmente interessado principalmente pelas histórias engraçadas no cast.Irei atras para conhecer
    O programa que parecia chato se provou muito divertido. Excelente! Overlordeiros.