No Bilheteria da semana passada falamos rapidamente sobre Roller Derby. O que não foi nenhuma surpresa é que pegamos muito das regras e do esporte em si pela metade, aí que chamamos a Tatiana “Arya Snark” Criscione, Vice-Presidente da Liga da Ladies of Helltown São Paulo para nos explicar tudo sobre a prática.

**Caso você tenha curiosidade de acompanhar um jogo das Ladies, entre no evento agendado no Facebook para se programar e aparecer lá!**

Escute agora!

Assine o nosso feed ou baixe o Bilheteria #84 e escute no seu player predileto

Participantes:

Caio Teixeira
Henrique Sampaio
Heitor De Paola
Tatiana “Arya Snark” Criscione

Assuntos abordados:

3 min – Bate papo: Pen Pals
13 min – Bate papo: Roller Derby
75 min – Filme: Julieta
85 min – Stand Up: Bo Burnham e Aziz Ansari
96 min – Emails

Música de Encerramento: Morningwood – Jetsetter

Caso tenha interesse, assine o nosso Patreon!

Envie emails com perguntas e sugestões para: bilheteria@overloadr.com.br

  • Gabriel Augusto

    Realmente era muito combinada as partidas de Roller Derby nos anos 70, mas mesmo assim é tão legal.

    https://www.youtube.com/watch?v=OV9J_2–iGQ

  • Gabriel PS

    Muito foda o papo sobre Roller Derby.

    E Bo Burnham é fantástico. Responsável por uma das melhores músicas já compostas nesse globo terrestre. https://www.youtube.com/watch?v=Eo9pU1q8sy8

  • Gabriel Maciel Campanini

    A minha foto de perfil entrega um pouco, mas eu sou árbitro de roller derby e adorei o programa. A Tati é maravilhosa.

    Para quem se interessou pelo esporte, existem ligas espalhadas por vários estados do Brasil, mas infelizmente são muito centradas nas capitais. Só jogar “roller derby [sua cidade/estado]” no Google que você deve descobrir alguma. Mas onde eu lembro de cabeça que tem é (do sul para o norte):

    Porto Alegre,
    Blumenau,
    Curitiba, Londrina,
    São Paulo, Santos, Piracicaba
    Campo Grande,
    Rio de Janeiro,
    Vitória,
    Goiânia,
    Brasília,
    Manaus.

    Mas claro que é provável que existam ligas em outras cidades e eu não saiba.

  • Fabiano Castro

    Alguma alma caridosa deveria fazer uma montagem com a Casa de Lou Ferrigno em Hogwarts kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Kaue Kato

    partiu uma caravana over para um/todos os jogos??

  • O objetivo de um impropério é ofender alguém. O grau de ofensa que se deseja determinará a palavra a ser escolhida, o que denota uma questão interna da pessoa. E no exemplo dado, usar “palhaço” como ofensa é ofensivo não só a uma pessoa, mas trata o pertencimento de uma classe artística como ofensa. Enfim, o uso e controle das palavras é individual e não há regras. E o impropério usado como cumprimento, saudação, ou algo que o valha, não é ofensivo se haver acordo entre as pessoas de que aquelas palavras naquele contexto perderam sua carga ofensiva.

    • Tatiana Helena Criscione

      Tá certo, Edu. Meu mea culpa por usar o exemplo errado.

  • Julieta tocava bastante nos early 80s, se não me engano na voz do Genival Lacerda.
    https://www.youtube.com/watch?v=njhLWNXOAc0

  • Bruno Araujo

    Nossa que surpresa a Tati no episódio! Tô afastado da liga faz dois anos por causa da faculdade, e tô pensando em dar um jeito de voltar nos treinos na modalidade recreativa. Muito bom ver esses dois mundos se encontrando hauha