Após o primeiro minuto deste Bilheteria fica bem claro que o Heitor precisa de amigos: todos nós devemos trabalhar numa campanha de conscientização da nossa Vice-Miss Bumbum sobre os problemas estomacais que ele já sabe que tem, mas insiste em ignorar.

Escute agora!

Assine o nosso feed ou baixe o Bilheteria #86 e escute no seu player predileto

Participantes:

Caio Teixeira
Henrique Sampaio
Heitor De Paola

Assuntos abordados:

1 min – Bate Papo: Leite, Hamburguer de Abóbora, Queijo Brie, Cultura de Fungos
14 min – Festival: Menos e Periscópio
29 min – Filme: Caça-Fantasmas
56 min – Filme: Whiplash
64 min – Rolê: Paulista aberta
74 min – Filme: The Invitation
79 min – Quadrinho: Apagão, a Cidade Sem Lei
87 min – Emails

Música do final: Tortoise – Swung From the Gutters

Caso tenha interesse, assine o nosso Patreon!

Envie emails com perguntas e sugestões para: bilheteria@overloadr.com.br

  • Juliano Almeida (Mutano)

    Não é “FILI” nem “FILE” é FILÉ.

  • Hernesto Vautero

    Hoje em dia eu parei de tomar leite (porque contrario ao que sempre me fizeram acreditar, leite é ruim para os ossos), mas até uns 2 anos atrás, eu bebia pelo menos 1 litro por día, e meu auge foi na adolescencia, quando eu tomava entre 2 e 3 litros diários.

  • luizpaulosantoscruz

    Sobre os trequinhos de garinhas:

    https://www.youtube.com/watch?v=KnMKCHqXLow

  • Andre Asai

    A Melissa Mccarthy fazia a cozinheira Sookie no Gilmore Girls…

  • Obrigado por odiar o protagonista! Ele foi feito pra isso!

    O cara mesmo é o Mandrill!

  • Panqueco

    Acabei de recomendar o Bilheteria para um amigo e agora que percebi que esse vai ser o primeiro que ele vai escutar tô achando tudo estranho hehe, nunca mudem.

  • Kalel Mota

    Muito bom ouvir Tortoise no final do programa. Eles estão com um disco novo, lançaram em janeiro desse ano.
    Recomendo também Mogwai (caso não conheçam), tem uma pegada semelhante.

  • tiagocartum

    Sobre a sessão de emails: É impressionante, e, de certa maneira, preocupante, a quantidade de gente q manda para relatos de depressão ou problemas de identidade em geral.
    Considero isso muito positivo, por dar uma voz a quem normalmente tem medo de se abrir ao diálogo. Acredito que a característica do cast, que possui a diversidade em seu diálogo e em seus participantes favorece bastante a confiança nos seus ouvintes. Meus parabéns a equipe.

    Sugiro pensarem a fazer alguma mini-especialização em psicologia para a sessão de emails (essa parte é brincadeira =D )

  • Aliches_Pickles

    Ouvindo o podcast novamente, vi que falaram que quase ninguém tem a pegada clássica do jazz que é apresentada no filme whiplash e acabei lembrando de um batera brazuca chamado Bruno Valverde.

    Segue um videozire do menino:

    https://www.youtube.com/watch?v=cLVENiw9Lrg

  • Ultra com gola rolê

    Não posso concordar com o comentário do Teixeira, sobre Haddad, quem é de classe média não pode ter, sua Plata de reivindicações atendidas?