Documentários sobre games são mais apropriados ao MotherChip ou ao Bilheteria? Tostines vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais? Doce de leite é melhor do que Nutella: sim ou com certeza?

Com essas indagações, convidamos André Asai, designer e desenvolvedor de jogos da Loud Noises, que nos trouxe dicas sobre bons documentários japoneses sobre videogames, enquanto Rique e Heitor comentam sobre Mãe Só Há Uma e Quando as Luzes se Apagam, alguns dos filmes mais interessantes da temporada.

Assine o nosso feed ou baixe o Bilheteria #92 e escute no seu player predileto

Participantes:

Heitor De Paola
Henrique Sampaio

André Asai

Assuntos abordados:

5 min – do grave ao agudo, do grosso ao fino e pregas vocais
10 min – encerramento das Olimpíadas
19 min – Loud Noises
30 min – Filme: Branching Paths
47 min – Série: Toco Toco Tv
60 min – Filme: Mãe Só Há Uma
74 min – Filme: Quando as Luzes se Apagam
91 min – emails

Música do final: Crystal Castles – Concrete

Assine o nosso Patreon!

Envie emails com perguntas e sugestões para: bilheteria@overloadr.com.br

  • Gabriel PS

    O comentário do Phil Fish sobre jogos japoneses foi gravado sim, inclusive tá no Indie Game: Life After que por acaso está no Netflix BR.

  • Márcio Barbosa

    Como assim não tem Caio Teixeira?! Vou pedir meu dinheiro de volta. XD

  • luizpaulosantoscruz

    Onde que está os textos que mandaram do primeiro email?

  • Rômulo~

    Fui procurar pelo app que o Mateus indicou mas vi que só tinha para iphone… no entanto achei um para android, chama-se Seven e a proposta é igual a do que o Mateus indicou

    • Matheus Leston

      cara, na real esse 7 minute workout é um plano de treinamento. existem mil apps, tanto iphone quanto android, que seguem esse programa. eu tenho usado um no android que se chama 7 MINUTE. mas todos eles são exatamente iguais. dá no mesmo colocar um alarme e ver o vídeo do treinamento no youtube!

  • Corrigindo o André Asai…
    Paraolimpíadas começam dia 7 de setembro.

    • Andre Asai

      Caraio, ainda tem um gap gigantesco entre um evento e outro… mais mancada ainda!

  • rodrigo

    Fiquei meio desconfortável na parte sobre o edital fraga, mesmo com todo o contexto, ainda assim nos meus ouvidos teve um sonoro “Falta de gerenciamento”, estranho “pessoas saírem” de um projeto que teve dinheiro, mas aparentemente nenhum contrato de fato ou uma empresa onde todos os nomes estavam envolvidos, fora a mudança de projeto que julgo não esta no escopo inicial e portanto fora dos valores solicitados, voltando naquela historia de que certos projetos o poder publico não acompanha o desenvolvimento, e o Asai no final meio que solta um “vai sair”, mas teve um som de “sair” pq tem o vinculo e ainda escolhe entrar num edital que não se tem pelo menos o controle criativo do background, triste, mui estranho….sorte ao Asai ai

  • Márvio

    Apenas uma dica sobre onde achar por meios legais filmes nacionais.

    O “Que horas ela volta?” tem na Play store do Google.

    https://play.google.com/store/movies/details/Que_Horas_Ela_Volta?id=tTB9thtEXxg

    Custa 3,90 para alugar ou 24,90 para comprar.

  • Francisco das chagas

    essa técnica da bruxa

  • Ultra com gola rolê

    Um bilheteria com 40 minutos, sobre vídeo-game?

    Por que? Qual é o sentido disso, se ESTE SITE, já tem um podcast sobre vídeo-game?