Convidamos novamente o quadrinista George Schall para falar de seu novo trabalho, Hitomi, e os desafios de representar o oriente a partir da perspectiva ocidental. Coincidentemente, um dos filmes de destaque da semana é Kubo e as Cordas Mágicas, do estúdio americano Laika, animação em stop motion de temática oriental.

Assine o nosso feed ou baixe o Bilheteria #97 e escute no seu player predileto

Participantes:

Heitor de Paola
Henrique Sampaio

George Schall

Assuntos abordados:

2 min – Marinheiros, irmãos metralha e Gilmares
9 min – Final de semana
12 min – Quadrinho: Hitomi
50 min – Quadrinhos: Injection, Wicked and Devine, Southern Bastards
55 min – Séries: Luther, Black Mirror e Twin Peaks
65 min – Filme: Horizonte Profundo – Desastre no Golfo
78 min – Série: Westworld
96 min – Filme: Kubo e as Cordas Mágicas
111 min – Email

Música do final: Romulo Fróes – Amor Doente

Migramos para o Apoia-se! Para entender por que deixamos o Patreon, leia nosso FAQ. Se você gosta do nosso trabalho, considere contribuir com nossa campanha de financiamento coletivo.

Envie emails com perguntas e sugestões para: bilheteria@overloadr.com.br

  • glaubertodesco

    Muito bom galera!. só falta arrumar o link que está apontando ainda para o 96. Eu baixei alterando o número manualmente. Só por isso vou mandar um email bacana e gostoso! Abraços!

    Link do garoto:

    http://overloadr.hipcast.com/download/bilheteria-97.mp3

  • Fabiano Castro

    Não sei como isso não surgiu na conversa, mas os principais jogos que eu me lembro que contam as suas história como Mad Max foi a série Souls. Ambos utilizam detalhes no cenário, personagem e diálogos esparsos pra definir seu universo e como ele funciona. E Mad Max acaba utilizando mais os diálogos por ser um filme, enquanto os Souls utilizam outros recursos próprios da mídia (descrição de itens, posição de inimigos, posição de itens, estilos de combate, etc.).
    E fora esses eu também penso em Silent Hill 2, com inimigos que revelam detalhes da psique do protagonista, e Bind of Isaac, que encontrar os diversos itens nas dungeons revela que a história é menos sobre paranoia religiosa e mais sobre intolerância ao diferente.

  • Gabriel PS

    Gostei das recomendações no email final. Apoio muito delas. Muitos estariam na minha lista, principalmente o Dummy do Portishead. PORRA, esse disco.
    Suporto a ideia do Rique sobre o Homogenic da Björk, creio que é um bom começo. Sobre o Sigur Rós diria que o álbum ideal é o Agaetis Byrjun.

    Alguns que recomendaria conforme minhas referências:
    Led Zeppelin – II
    Deftones – White Pony
    Stan Getz & João Gilberto – Getz/Gilberto
    e a coletânea do Beastie Boys, Solid Gold Hits.

    Quanto ao filme, acho que o Magnólia do Paul Thomas Anderson é uma boa. Três horinhas ali, de boa, pra relaxar, ver o sapos e tudo mais.

  • Kalel Mota

    Eita, como assim não indicaram nenhuma música brasileira? Vou tentar suprir essa lacuna (no Brasil tem muita coisa boa!):

    Alucinação – Belchior
    Da Lama Ao Caos – Chico Science e Nação Zumbi
    Acabou Chorare – Novos Baianos
    Chico Buarque (não consigo indicar um álbum em específico)
    Tom Zé
    Gal Costa
    Mestro – Hurtmold
    Um futuro inteiro – Bonifrate
    Transa – Caetano Veloso
    Clube da Esquina – Milton Nascimento
    A Bad Donato – João Donato

    Dentre coisas mais recentes:
    Fortaleza – Cidadão Instigado (os álbuns anteriores tbm são excelentes)
    Alexandre – Mombojó
    Manual – Boogarins
    De Baile Solto – Siba
    O Terno – O Terno
    Duas Cidades – Baiana System

    Tenho ctz que estou esquecendo de uma porrada de coisa, mas essas valem a pena ouvir.

  • Sobre o Westworld estou adorando a série, mas como o Rique cobrou e o Heitor não soube dar exemplos, vai ai from the top of my head coisas que partiram da mesma premissa ou similar ou já exploraram alguma faceta dos temas abordados da série: Matrix 123, Terminator 12345, Blade Runner, Moon, 2001, A.I., Homem Bicentenário, Eu,Robô, Vingadores: Era de Ultron, Ex-Machina, Transcendence, Her, Battlestar Galactica, Oblivion, Chappie, Ghost in The Shell, Metropolis, Jogos de Guerra, Robocop e Mulher nota mil 🙂
    Sobre o layout da sala de controle que o Rique elogia, tem mto de Truman Show e um cadinho de Star Wars (onde fica a Leia durante o ataque à estrela da morte)

    Pra mim já tá sendo a série do ano e qd vi que iam falar aqui hoje achei que o Heitor ia pirar com o dialógo do robô que, suponho, impossibilitado de falar o que realmente quer por causa de diretivas de sua programação agride seu criador citando trechos de Shakespeare presentes em suas memórias antigas.

  • Darth Paul Poor Traaais

    Correções rapidinhas:

    Youkai: nome genérico para criaturas sobrenaturais do folclore japonês; por ser ambíguo pode significar monstro ou espírito; seres demoníacos (oni), que incorporem conceitos, eventos climáticos (yuki-onna) ou mesmo animais como o Kappa, Tanuki e Kitsune.

    InuYasha é um youkai cachorro, como o próprio “Inu” (cão) do seu nome indica.

    Momento “Sugestão Inconveniente de Anime da Semana”! – “Natsume Yuujinchou”. Tem histórias bem interessantes sobre diferentes tipos de youkai em um clima que lembra o “Mushishi” já mencionado pelo Heitor.

  • Guilherme Kaneko

    Sou só eu q não consigo ouvir o podcast pelo site?

  • Igor Costa Gomes

    Smiths: toca na rádio, mas não deixe de ouvir The Queen is Dead.

  • Matheus Portella

    Opa , vou deixar minhas indicações também:
    #Música
    – Led Zeppelin I – Led Zeppelin
    – A Night at the Opera – Queen
    – (What’s the Story) Morning Glory? – Oasis
    – Africa Brasil – Jorge Ben Jor
    – A Revolta dos Dandis – Engenheiros do Hawaii
    * Álbum bônus: Elephant – The White Stripes

    #Filmes: Todos manjados , porém necessários
    – Pulp Fiction – Tarantino
    – Forrest Gump – Robert Zemeckis
    – Taxi Driver – Scorcosese
    – Breakfast Club – John Hughes
    – Le voyage dans la Lune – Georges Melies
    * Filme Bônus: Before Sunrise ou qualquer outro filme do Richard Linklater.

  • Better Call Foggy

    Fui procurar a Hq hitomi e acabei descobrindo que existe um site porno de hentai com esse nome então … #FicaaDica ???

  • Vicenzo Naves

    Não ouvi ainda, mas o Kubo and the two strings, foi feito aqui em Beaverton, OR (suburbio de Portland, onde a Intel e a Nike tem campus gigantes) e tem 2 brasileiros no time de animação =)

  • El Luchador

    Ouvir:

    Queen – Greatest Hits II
    Guns N’ Roses – Live Era
    Beatles – Abbey Road
    Metallica – Black Album
    Pearl Jam – Ten

    Assistir:

    O Poderoso Chefão
    Drive
    De Volta Para o Futuro
    Os Suspeitos
    Forrest Gump

    Poxa, é bem difícil falar só 5.

    • Diego Moreira

      Caralho, live era é muito bom mesmo. E eu trocaria metálica por Megadeth….

  • Diego Moreira

    Música
    1 – Led Zeppelin 4 (rock)
    2 – Guns N’ Roses – Appetite for Destruction (rock)
    3 – Michael Jackson – Thriller (pop)
    4 – The Notorious B.I.G. – Ready to Die (rap)
    5 – Michael Hedges – Aerial Bondaries (new wave)

    Filme
    1 – Judge Dredd (2012)
    2 – Interestelar
    3 – Blade Runner
    4 – Ou tudo ou nada
    5 – Inception

  • rodrigooliveira

    Vou copiar o que postei uma vez no grupo do GOTR, sobre indicações de música brasileira já com alguns links do Spotify e Youtube:

    Bom, eu particularmente gosto de ouvir albums inteiros. E indico os seguintes artistas e seus respectivos albums que considero ótimos como “entrada” para os mesmos. A lista pode ficar um pouco grande, mas é que na certa eles são meus discos favoritos da vida e sempre que tenho a oportunidade indico rs:

    Gal Costa – “Gal Costa” (1969): https://play.spotify.com/album/5awK6pNdQFRLDTNV8c0Bi8

    Novos Baianos – “Acabou Chorare” (1972):
    https://play.spotify.com/album/5pIlMNPZh4D9iJSoCfMzGi

    Jorge Ben – “A Tabua de Esmeralda” (1974): https://play.spotify.com/album/4YtVB9VpAs4Os4W1OLYJOG

    Clube da Esquina – “Clube da Esquina” (1972):
    https://play.spotify.com/album/7Hk9jGHupUwHa0JXQr8m0F

    Chico Buarque – “Chico Buarque de Hollanda” (1966):
    https://play.spotify.com/album/4ejwSOS740Jj4z3h4RyxJo

    Cartola – “Cartola” (1976):
    https://play.spotify.com/album/1I9bhj5qpHvIBIPWXZUXAt

    Paulinho da Viola – “Foi um rio que passou em minha vida” (1970):
    https://play.spotify.com/album/7EghoMcj8JcmIKDfCEKaBG

    Elis Regina e Tom Jobim – “Elis e Tom” (1974):
    https://play.spotify.com/album/1xusjxfHer7CzdlQwjuZWx

    Toquinho e Vinicius – “Como dizia o poeta” (1971):
    https://play.spotify.com/album/5V344bTBt0bvd9a9oeQTm4

    Caetano Veloso – “Qualquer coisa” (1975):
    https://play.spotify.com/album/3c6QuGftzoHlZZ10TPsHsB

    Os Mutantes – “Jardim Eletrico” (1971):
    https://play.spotify.com/album/1BBamdq6Y45NLtttJlBxrf

    Uma galera foda ae – “Tropicalia” (1968):
    https://play.spotify.com/album/6tw7OJocIA4PAvqmVt0hdj

    Tim Maia – “Racional Vol. 1 e 2”:
    https://www.youtube.com/watch?v=wPEbJ2nk16g

    Tá faltando coisa pra caraleo, mas foi o que lembrei de primeira rs.

    • brunolorenz

      Valeu as dicas, velho! Sempre prometo começar a ouvir música brasileira, mas nunca sabia por onde começar. Montei uma playlist no Spotify com todos esses discos que tu indicou =)

  • FHC

    Escutem o George e assistam Serial Experiments Lain. É um anime muiiito complicado, requer que seja revisto algumas vezes, porém ele apresenta muitas ideias interessantes sobre tecnologia, apesar de ser um assunto que era muito mais surpreendente nos anos 90, porém ainda é super válido.

  • Marco Beduschi

    Sobre a discussao de ‘Horizonte Profundo’, a BP existe de verdade sim, e foi a empresa responsavel pelo ocorrido, como o filme mostra.

    Fato curioso, a BP costumava se chamar British Petroleum, mas uns anos antes da catastrofe que o filme mostra eles fizeram um rebranding na marca pra ficar mais amigavel e ‘green’, e mudaram de nomre pra Beyond Petroleum, com um logo novo em forma de girassol, cores amigaveis, etc.
    Depois dessa tragedia a media comecou a se referir a eles como British Petroleum de novo, como uma forma de retaliacao e negando a identidade visual nova que eles ‘supostamente’ queriam passar.

    Nao vi o filme, mas realmente esse destrate foi horrivel, e tomara que a BP tenha pagado muito mais caro que apenas ser jacota em sites e jornais.

  • Igor Sérgio

    Olá!
    Quero participar também, vou me limitar à cinco escolhas por categoria.

    Música:
    Black Sabbath – Paranoid
    Tropicalia ou Panis et Circencis
    Racionais MC’s – Nada como um Dia após o Outro Dia
    Muddy Waters – Electric Mud
    The Doors – The Doors

    Filmes:
    O Poderoso Chefão
    Seven
    Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei
    O Cheiro do Ralo
    Goodfellas

    É isso, bom proveito! 🙂

  • Natanael

    valeu pelas dicas galera, agora tenho muita coisa pra ver e ouvir nessa férias!!!