O impensável aconteceu. Após ser ensinado para gerações e gerações que ele era inabalável, feito de uma base de estrutura sólida que jamais ruiria, nosso parrudinho cedeu. Caio Teixeira, o homem que nunca fica doente, ficou doente. Assolado por uma intoxicação alimentar, ele não encontrou forças nem seu norte para se juntar a nós nesta edição do MotherChip.

Mas tudo bem, porque isso abriu mais espaço para que Henrique declare fartamente seu amor por Planet Coaster, que tem dominado sua vida nas últimas semanas, além de revisitarmos brevemente Dishonored 2 e as modalidades novas de Overwatch.


Assine o nosso feed ou baixe o MotherChip #112 e escute no seu player predileto

Participantes:

Henrique Sampaio
Heitor De Paola

Assuntos abordados:

0 min – Trás trés trós
8 min – Planet Coster
40 min – Dishonored 2 e Arcade de Overwatch
55 min – Rapidinhas
67 min – Emails

Música do final: Nine Inch Nails – Satellite
Siga a nossa playlist no Spotify

O Overloadr é um site movido a amor, a uma incrível comunidade e crowdfunding, especificamente via Apoia.se. Para entender por que deixamos o Patreon, leia nosso FAQ. Se você gosta do nosso trabalho, considere contribuir com nossa campanha de financiamento coletivo.

Envie emails com perguntas e sugestões para: motherchip@overloadr.com.br

  • El Luchador

    Teixeira ficou doente no rugby.
    Não, pera…

    ORRA, FALANDO NISSO
    Teixeira, tá vendo November Internationals que tá rolando?

  • Lucas Sant’Ana

    Heitor, é essa a história do Mario velho que você mencionou?

    http://ameblo.jp/campanella99/entry-11399976641.html

    • Heitor De Paola

      Essa mesmo.

  • Lucas Sant’Ana

    Também queria deixar uma correção/esclarecimento: Fonologia estuda os sons e como eles variam de forma significativa na língua (como na diferença entra “faca” e “vaca”) enquanto a fonética estuda como as pessoas produzem/percebem esses sons.

  • Luiz Guilherme Silva

    Sobre o modo Arcade de Overwatch

    MELHOR MODO DO MUNDO!
    Adorei os modos 3×3 e 1×1. São tensos, mas muito divertidos e ótimos para treino de um determinado herói. Esperando chegar em casa pra curtir outra semana dessa maravilha

  • Luiz Fernando Cardoso

    Rique, só uma pequena correção: já existe a ferramenta de Auto-Tunnel para montanhas russas, fica no menuzinho à direita das peças dos trilhos. O que o povo tá pedindo é ter essa mesma possibilidade para caminhos e outras coisas, aí é como você disse mesmo: tem que escavar antes pra poder colocar, o que é péssimo.
    Planet Coaster tá sendo um dos melhores jogos do ano pra mim, não me sentia preso assim faz tempo hahaha adorei que dedicaram um tempo à ele ❤️

  • diogenesl

    Somente alguns comentários:

    – O Theme Parkitect ainda está em Early Access, acredito que a data que vocês mencionaram foi a data que ele chegou no Steam (antes era somente download via site)
    – Existe também o OpenRCT2, que é uma conversão open source do Rollercoaster Tycoon 2, ainda é necessário ter uma código do jogo original por causa de assets (sons, sprites, etc), porém já adicionaram várias melhorias (os populares “quality of life”), suporte a MAC/Linux e inclusive multiplayer.
    – Não curti o Planet Coaster por que realmente falta simulação e management, como vocês mencionaram. Concordo com a comparação que outras pessoas estão fazendo, Planet Coaster é como um Cities Skylines e não um SimCity (é quase impossível não prosperar com um parque nele).

  • Hernesto Vautero

    As pessoas escrevem/falam intoxicação alimentar e eu leio/escuto caganeira. É praticamente um filtro de percepção.

  • Ouvindo o Rique falar e o tempo todo me senti transportado para 2003/2004, quando jogava horas e mais horas de Rollercoaster Tycoon e Rollercoaster Tycoon 2 😁