De casa nova, tiramos proveito e energia do fato de agora termos uma mesa. Quem diria que um apoio para os braços poderia fazer tanta diferença? Em meio à euforia, o Henrique vai para altos e baixos ao relatar novos sentimentos por ter adotado gatos e por ter quase sido assaltado. O Heitor descobre que revisitar o passado pode ser uma coisa perigosa, enquanto o Teixeira percebe que alongar coisas que estavam no passado é certamente um erro. Isso e mais no Bilheteria #112.


Assine o nosso feed ou baixe o Bilheteria #112 e escute no seu player predileto.

Participantes:

Caio Teixeira
Henrique Sampaio
Heitor De Paola

Assuntos Abordados:

0 min – Hamna Hei! e dias com mais horas
6 min – Pachinko & Bolinho
18 min – Assaltos em SP
27 min – A Vingança dos Nerds
40 min – Yuri On Ice
49 min – O Chamado 3
65 min – Mushishi
67 min – Emails
92 min – Vitrolinha do Tetheu

Música do final: Nelson Cavaquinho – Luz Negra

O Overloadr é um site movido a amor, a uma incrível comunidade e crowdfunding, especificamente via Apoia.se. Se você gosta do nosso trabalho, considere contribuir com nossa campanha de financiamento coletivo.

Envie emails com perguntas e sugestões para: bilheteria@overloadr.com.br

  • Rafael Pradella

    Tetheu, você é ridículo! hahahaha
    A vitrolinha dessa semana foi muito boa, e é uma música que provavelmente eu ignoraria pela voz tosca se ouvisse em alguma playlist do Spotify, sem o contexto que você explicou muito bem. Depois do fim do podcast fiquei um tempo parado tentando digerir o que eu acabei de ouvir hahahaha

  • Alex Amaro

    Os gatinhos do Rick são um amor 🙂

  • André Luz

    queria dizer que eu sou time rique com a questão de arrumar a cama, eu não arrumo nunca huaehuaheuhauehuahe.

  • Gabriel Augusto

    Matheus, eu te venero.
    A vitrolinha foi incrível, mais ainda por causa da sua interpretação de Luz Negra, uma música muito pesada mesmo, eu até evito de ouvir uns Sambas mais antigos, porque sempre bate uma bad muito forte em seguida. Mesmo assim, obrigado e estou curioso para ver você falando sobre algo mais POPular.

  • Gnome Zaki

    Abertura de Yuri on Ice tem uma música que fica na cabeça, bom demais haha.

    • Kurai Hikari

      A musica eh linda! E se voce for ver a letra, tao inspiradora e real! Quero muito que o Heitor termine de assistir e comente mais sobre o que ele achou do anime!

    • fabio tk

      a trilha sonora como um todo eu acho maravilhosa, o tema yuri on ice é demais <3

  • Nelson Rosa Junior

    Mais uma vez Vitrolinha mandando superbem com a indicação do meu xará e com o preâmbulo do Tetheu ficou formidável. Parabéns

  • Vítor Prado

    Matheus! Queria eu mesmo te dar um beijo!
    Ano passado descobri a obra de Nelson Cavaquinho e me apaixonei perdidamente justamente por que o “samba não é somente isso”. Essa tristeza, essa melancolia, essa solidão, essa morte, me fascinam e me tocam de um jeito muito especial. Não é exagero, os símbolos que ele usa se ligam diretamente à esse clima bad vibe que são os temas das músicas.
    Luz Negra é de certo uma das mais pesadas do Nelson, mas acho importante destacar também a simplicidade dele. Foi policial militar, mas acabou expulso da corporação no RJ porque abandonava o posto pra beber e tocar samba na Mangueira; se endividava muito, a ponto de vender autoria de muitas de suas composições para arranjar uns trocados; levava uma vida pobre, sempre no subúrbio do RJ; e só gravou seus discos com mais de 50 anos de idade. Recomendo que assistam o documentário do Leon Hirszman sobre ele: https://www.youtube.com/watch?v=6VTH_T00gnY
    Sobre a música, recomendo que ouçam também ‘Visita triste’:

    “Já vem a saudade outra vez me visitar
    Que visita triste, só me faz chorar
    Para ninguém ver o meu pranto
    Boa noite para todos, eu vou me retirar…”

    Por último, recomendo que busquem também pelo Guilherme de Brito, parceiro de longa data do Nelson, e co-autor de muitas músicas. Foi um dos responsáveis por impedir que o Nelson não fosse tão fundo no poço, só o suficiente pra ter a coragem e a sinceridade que podemos sentir nas suas composições.
    Abraços a todos e obrigado pelo quadro Matheus!

  • Thiago Padula

    Nelson Cavaquinho é foda! VOA MATHEUS

  • Será que por alguma chance o Heiter estava se referindo à um Edredon?? 😀

  • Douglas

    Sobre O Chamado, ia mandar email mas fiquei com preguiça.
    É curioso como eu concordo com tudo que o Teixeira falou de ruim, mas ainda assim eu gostei desse novo filme.
    Porém como revi os 2 primeiros esses dias com minha namorada posso explicar umas coisas que vocês lembravam errado.
    1. Aquela mulher escovando o cabelo na fita NÃO é a mãe biologica da Samara, ela é a mãe adotiva, a mesma que joga ela no poço.
    2. Porém no segundo filme é mostrado que a mãe biologica da Samara esta viva e que tambem havia tentado matar a Samara ainda bebe. Essa mãe estava internada num hospital psiquiatrico.
    3. A teoria que minha namorada levantou e que faz sentido já desde o filme 2, é que essa Samara de o chamado 3, é a segunda ou talvez terceira “encarnação” da Samara. No filme 2 ela possui o filho da Naomi Watts. E agora no filme 3 ela teria possuido a filha da “coroinha” porém foi abortada. Ai explicando o porque de falarem que a coroinha ser “mãe da Samara”.

  • Luis Felipe Vitte Soligueti

    Por algum motivo, eu não consigo baixar o mp3 desse episódio. Poderiam consertar, por favor.

    • Bruno Thomaz

      Também não estou conseguindo!

  • Leandro Rocker

    Passando pra agradecer pela indicação da Vitrolinha do Tetheu que me abriu um novo mundo de músicas que não entrariam no meu radar de outra forma. Que delicia de música.