Novamente com um MotherChip mais intimista, com apenas dois participantes, conversamos exaustivamente sobre The Legend of Zelda: Breath of the Wild (mas provavelmente teremos ainda mais a falar sobre ele). Além disso, houve também um pouco de Nier: Automata, uma pitadinha adicional de Night in the Woods, comentários sobre as impressões gerais em um mundo pós-lançamento do Switch e outras coisas mais.


Assine o nosso feed ou baixe o MotherChip #124 e escute no seu player predileto.

Participantes:

Henrique Sampaio
Heitor De Paola

Assuntos abordados:

0 min – Aquele quibe fez alguma coisa com a garganta do Heitor
4 min – The Legend of Zelda: Breath of the Wild
54 min – NieR: Automata
76 min – Night in the Woods
78 min – Notícias
94 min – Email

Música do final: Memories of Dust (trilha de NieR Automata)

O Overloadr é um site movido a amor, a uma incrível comunidade e crowdfunding, especificamente via Apoia.se. Se você gosta do nosso trabalho, considere contribuir com nossa campanha de financiamento coletivo.

Envie emails com perguntas e sugestões para: motherchip@overloadr.com.br

  • Thiago Nunes

    “Gorons Homoeróticos” vai ser o nome da minha nova banda punk rock chiptune casiocore

  • Caio_RB

    Só uma correção, a Platinum só faz o gameplay em Nier Automata. Bullet hell em questão já existia no primeiro Nier e boa parte do mundo e dos conceitos de gameplay, história, cenários e tudo mais são do Yoko Taro enquanto a Platinum faz a parte que mencionei anteriormente.

    E outra correção, Ghost Recon é diferente de Rainbow Six. Imagino que queria dizer Tom Clancy’s. XD

  • Rafael Augusto Schiabel

    Excelentes comentários sobre o novo Zelda!

    Estava ouvindo enquanto jogava, e logo após o Heitor contar que ele explorou uma área por curiosidade e foi extremamente recompensado passei pela mesma coisa agora! Cheguei num lugar (Lago Hylia, próximo à ponte) em que ~algo~ apareceu e fiquei chocado!

    Não tem como não gostar desse jogo 🙂

  • Gabriel PS

    Quibe é cocô sim.

    Tanto que na música do É o Tchan, Cumpadi Washington grita “Olha o quibe!” em referência a isso, já que estava “ralando ralando o tchan ae” que nada mais é que uma alegoria pra sexo anal.

    (ouvi dizer).

  • Márvio

    Fico imaginando agora na Rockstar e Bethesda em um desenvolvimento já mais avançado de GTA VI e TES eles olharem para Zelda e terem de refazer muita coisa.

    Pelo menos é o que eu espero que eles façam.

  • Márcio Barbosa

    Puff, vocês dizem que o Xbox não tem nada além de Halo e Gears e Forza, mas esperem até lançar Scalebound, oh wait… ?

  • Cesaeer

    Só achei estranho o comentário do Rick sobre Horizon ser gigante…

    Olha, aquele mapa engana, tem muita marcação sim (maioria ninho de bicho e fogueira), mas não necessariamente são coisas para fazer.

    Main Quests = 20
    Side quests = 21
    Errands = 14
    Outros = 26

    Acabei de abrir o jogo aqui e contar, fiz 100%
    Tudo isso leva cerca de 30~40 horas de jogo

    É um mundo aberto bastante linear até, sem um milhão de side quest

    Fiquei bastante satisfeito com Horizon, ao contrário de Witcher 3, pois eu não lembro se fiquei ou não satisfeito com aquilo, afinal tem 1milhao de coisas em aberto lá ainda…

  • Vitor Calfa

    200 horas de Skyrim? Só isso? Haaaaaaaaaaaaaahahahaha. Essas crianças de hoje em dia. Com alguma trocas de mods periódicas, a vida do jogo se estende um “pouquinho”. https://uploads.disquscdn.com/images/c2f4354b269c5a929c8a021998cfbdc9d526962da5cbb89e88c5e2bdb39110a4.png