A contagem regressiva para a E3 está quase zerada. Em nossa penúltima semana antes da maior feira de games do ano, conversamos sobre o andamento do desenvolvimento de Final Fantasy VII Remake, a presença de Distortions na BGS, como se dará a revolta dos gamers e outras coisas mais.


Assine o nosso feed ou baixe o MotherChip #136 e escute no seu player predileto.

Participantes:

Caio Teixeira
Henrique Sampaio
Heitor De Paola

Assuntos abordados:

0 min – Pimenta também é tempero
5 min – Ninguém jogou o jogo do Jason
6 min – Cobertura da E3 do Overloadr (e coisas sobre o site como um todo)
17 min – Watch Dogs 2
34 min – Logo da Sierra e outros logos
41 min – Hover: Revolt of Gamers
52 min – World to the West
65 min – Notícias
86 min – Emails

Música do final: Hideki Naganuma – Never 4ever (trilha de Hover: Revolt of Gamers)

O Overloadr é um site movido a amor, a uma incrível comunidade e crowdfunding, especificamente via Apoia.se. Se você gosta do nosso trabalho, considere contribuir com nossa campanha de financiamento coletivo.

Envie emails com perguntas e sugestões para: motherchip@overloadr.com.br

  • Juliano Almeida

    Heitor é nitidamente um designerfóbico.

    • Heitor De Paola

      Nada contra logos, tenho até amigos que são

  • Rômulo Drummond

    Vou dar uns pitacos no logo.
    O ícone eu acho lindo assim como as cores do site.
    Aumentaria o nome para equilibrar um pouco mais as proporções ou testaria uma integração.
    Segue um rough rápido.
    https://uploads.disquscdn.com/images/7d135bdb5a5f92763967f028d63219e406baecf06ab6e055753985e2773f4c8d.jpg

  • Douglas

    Cara pela primeira vez o inicio do episodio me incomodou… PQ VCS ESTAVAM FALANDO SOBRE ELEMENTO X ?! pareceu q ia ter uma explicação e foi pra outra coisa e agora eu estou aqui pirando sauhhusahusa
    amo vcs <3

  • Caio_RB

    Poxa, sério que mais um ano não teremos a cobertura do evento da Nintendo? De qualquer jeito as conferências serão feitas pela internet, qual a diferença entre fazer um ou outro? Muito triste isso, achei que nesse ano iriam fazer 🙁

    • Pois é, nunca entendi também pq pulam a Nintendo 🙁
      É um streaming igual a todas as outras conferências!

      • Caio_RB

        Né? Difícil entender esse raciocínio. Não entendo até hoje.

        Seria demais ver as reações do Heitor e Rique mas infelizmente pelo visto nunca veremos no caso da Nintendo.

        • Heitor De Paola

          @manoelricardo:disqus A gente ouviu comentários de pessoas (como vocês) e vamos mudar isso. Vamos reforçar no próximo MotherChip (e atualizamos a nota com nossos planos de E3) para refletir o fato de que comentaremos a transmissão da Nintendo também.

          • Caio_RB

            Nossa, obrigado Heitor! hahah Não achei que iria haver a mudança mas que bom que houve. Vai ser muito legal ver as reações de vocês. :3

          • Eba! Valeu Heitor 😀

            PS: Eu não assistido nenhuma transmissão comentada, mas adoro reassistir depois as gravações pra ver as reações de pessoas como vocês para ter aquela sensação de “primeira vez” de novo <3

  • Hugo Gomes

    Eu acho o logo de vocês incrível, dá até uma peninha por ele não ser utilizado como na conceitualização que tem no site do Cezar.
    http://www.cezarbianchi.com.br/overloadr-pt

    • Rômulo Drummond

      Muito bom.

    • Leandro Correa

      Sim! Fica muito melhor, a proporção do nome/ícone no atual não me agrada

  • Anderson Fernandes

    no watch dogs 2, vc começa ser caçado quando vc está sendo perseguido pela policia por um certo tempo

  • Henrique Ribeiro

    Gestalt é uma “escola” da psicologia, assim como psicanálise ou comportamental. Possui uma abordagem de que as situações precisam ser entendidas primeiramente através do “todo” para depois entender as “partes”.

  • Paulo Henrique

    Sobre os hackers, também tem o grupo de hackers que só querem o desafio. só isso. Foi o que um amigo meu que conhece do assunto disse.

  • Miguel Nakajima Marques

    Sobre o artigo da Wired:
    Existem “nos bastidores” (ou nem tanto) dos cassinos de Las Vegas mulheres contratadas como anfitriãs para ficar “xavecando” os caras que entram no cassino com muito dinheiro. Elas estão lá para fazer os caras jogarem até perderem todo o dinheiro.
    Fazendo o paralelo com os jogos free to play / pay to Win, pessoas reais podem ser contratadas para “treinar” e “ficarem boas” no jogo para apresentarem desafios para os jogadores “baleia”