No MotherChip #158, Caio Teixeira retorna e nos conta sobre seu tempo com o Nintendo Switch. Henrique procura palavras humanas que possam expressar a complexidade de sentimentos e emoções provocadas por Sonic Forces e Heitor tem a apresentação do podcast roubada dele.

Participantes:

Caio Teixeira
Henrique Sampaio
Heitor De Paola

Assuntos abordados:

2 min – Teixeira Nintendista
15 min – Super Mario Odyssey
26 min – Sonic Forces
50 min – Doom versão de Switch
53 min  – Straus Zelnick e consumidores recorrentes
1h12 min – O Xbox One X chegou
1h22 min – Descanse em paz, Miiverse

Links citados:

Música do final: Tim Maia – Ela Partiu

Envie emails com perguntas e sugestões para: motherchip@overloadr.com.br ou mande uma mensagem em nossa página do Facebook.

  • GotToGetBack, back to the past

    “Nintendo Era” no Overloadr, com o Teixeira envolvido, quem diria.

  • Felipe

    Para o cara que perguntou onde encontrar o switch em sp: no shopping mundo oriental, na região da 25, vc acha por R$1450

    • Ricardo

      Qualquer lugar da Sta Ifigênia ou região da 25 tem , e com garantia , tudo certinho , é só escolher o lugar certo pra comprar .
      Ah , os caras já tem até o XoneX por lá …

  • Tiago Xavier

    Quero Second Life.

    só isso mesmo…

    • Anderson Cardoso

      UP!

    • up

    • Arthur Marques

      up

    • Heitor De Paola

      Down

      • Juan Bestagno

        A A

  • Anderson Cardoso

    Aposto que foi o Teixeira que escolheu a música de encerramento… só posso agradecer! #Representa

  • Anderson Cardoso

    Aposto que foi o Teixeira que escolheu a música de encerramento… só posso agradecer! #Representa
    Esse negócio da durabilitade das armas tô com o Teixeira acho um saco… descobri hoje que
    posso alterar a durabilidade das armas com um hack no Cemu! : D

    • Heitor De Paola

      Fui eu que escolhi a música de encerramento.

      • Anderson Cardoso

        hnf!

        😉

  • Ricardo

    Sobre o cast passado , quando o Heitor falou sobre o Mario do Switch ; quando será que a Nintendo irá fazer um sistema de troféus/conquistas para seus consoles ?
    Com certeza seria bem mais recompensador a exploração do game , descobrir aquele lugar que parecia impossível de chegar e ganhar um reconhecimento virtual é bem melhor que ficar guardado só na sua memória , isso seria perfeito pro Zelda também .
    Um sistema de reconhecimento virtual , como tem no PlayStation e XBox , ajuda muito no desafio/recompensa/satisfação nos games .

    • Heitor De Paola

      Já houve ocasiões, especialmente no lançamento do Wii U e 3DS, em que pessoas da Nintendo fizeram declarações sobre isso, de por que não implementam tais coisas em seus sistemas. De forma geral, não esperaria que isso acontecesse. O que achei aqui em uma pesquisa rápida foi um artigo de 2011, do Kotaku, sobre essa questão https://kotaku.com/5740114/a-nintendo-argument-against-achievements

    • Márvio

      Acho que se não veio junto com o lançamento do Switch, acho difícil ela fazer algo assim.

      • Ricardo

        A Nintendo está sempre umas 2 gerações atrás das outras em termos de hardware e software , tanto que nem sequer HD tem em seu último console , então pode ser que coloquem um sistema de recompensas no próximo console , daqui uns 3 , 4 anos …
        Mas , sinceramente , espero que consigam ainda no Switch , o PS3 também não tinha troféus no seu lançamento .

  • Alex Amaro

    Pra quem ficou curioso com o site pra pesquisar filmes que foi mencionado na leitura de e-mails 🙂
    https://www.justwatch.com

  • Eu jogo tibia.

    Falou!

  • Juan Bestagno

    A gente coloca o sistema de Loot Boxes da Blizzard como um “bom sistema“. Mas na China a Blizzard esta reformulando esse mesmo sistema para aquele mercado, porque o governo chines considera loot boxes do Overwatch e os packs de Hearhstone como jogos de azar. E ontem mesmo venho a noticia que o governo Belga vai abrir uma investigacao para apurar a mesma coisa. Que epoca.

  • Henrique Ribeiro

    Um dos melhores podcast até hoje .. preciso fazer algumas considerações:

    1) Quero muito ver Second Life;
    2) A música final foi sensacional. Excelente escolha;
    3) Me decepcionei com o Teixeira. Ele está para a Nintendo assim como o Rique está para o FIFA 18.
    4) Concordo com o Teixeira: a parte do Zelda BotW de quebrar as armas é terrível. Seria melhor se a durabilidade das armas fosse maior ou a estoque (mochila) maior.

    Abraços!