Bayonetta foi lançado originalmente em 2009, para Xbox 360 e PlayStation 3, porém agora recebeu uma reedição no Wii U, vindo gratuitamente junto de Bayonetta 2.

Com melhoras em aspectos técnicos, como taxa de quadros, e a adição de roupas de personagens da Nintendo, Henrique Sampaio e Heitor De Paola vestem Bayonetta de Link e ficam tentando usar a Master Sword em combate, demorando para entender que não se trata de uma arma.

  • Sempre tive vontade, mas nunca joguei Bayonetta, o que vou corrigir daqui uns dias assim que o meu chegar. Mas olhando os dois Shuffles, o segundo realmente parece ter melhorado bastante em vários aspectos.

  • Pingback: Análise: Bayonetta 2()

  • Que bom saber que melhoraram os gráficos. Os loadings absurdos eles também melhoraram nessa edição? 😀

  • jprbessa

    Comprei o meu para PS3 a 40 contos há alguns meses atrás. Está na fila para jogar.
    Eu sei que é a versão mais cagada, como quase todas para PS3. Sim, eu tenho Far Cry 3 e Skyrim também, mas é o que tem pra hoje! =|