Criado para fazer uso do dispositivo de captura de movimentos Leap Motion, Hurt Me Plenty é provavelmente o único jogo de spanking já criado.

Nele, temos que dar uns tapas no ~~boy magia~~, sem violar os limites de um acordo prévio. É um pequeno jogo sobre sadomasoquismo que nos ensina (de forma dramática, como você vê em nosso Mini-Shuffle) sobre agressão consentida e a importância de não ultrapassar os limites estabelecidos. E estamos felizes que algo assim exista.

Você pode baixar Hurt Me Plenty em seu site oficial gratuitamente ou pelo preço que quiser pagar ao autor.

  • rodrigo

    ok…. agora fomos surpreendidos

  • Definitivamente quebrando barreiras (e nádegas) no mundo dos videogames… 😛

  • Alisson André

    Overloadr chegando no nível pewdiepie.

  • Rafael de Souza

    Vocês podiam aproveitar esse formato do Shufflinho pra reviver aquele projeto do Arena onde o Heitor ia garimpar pérolas da Live Indie.

  • gabriel victor

    Pergunto: se em vez de um homem, o personagem fosse uma mulher, vocês (o chat também) achariam o jogo interessante/curioso/engraçado como parecem ter achado, ou a discussão seria outra?

    • Eu acho que tendo em mente que a mensagem foi “violência consentida”, daria pra ser com uma personagem feminina. MAS acho que a mensagem seria muito prejudicada uma vez que corre o risco de ser confundida com “violência contra a mulher” que é um problema real muito sério e atualmente muito discutido.