Ah, gatos! Seres adoráveis que nos fazem companhia e nos dão amor! Isso é, desde que eles decidam que é hora disso, caso contrário você é menos valioso do que um poste de afiar unhas.

Catlateral Damage explora um dos estranhos e adoráveis comportamentos que felinos nos oferecem quando convivem com humanos: derrubar coisas de estantes a esmo. Na pele de um pequeno gato, o objetivo das fases do jogo é destruir o maior número de objetos o possível, ganhando no process itens que aprimoram nossas habilidades de gerar o caos e pedindo que completemos missões secundárias.

Henrique Sampaio e suas tendências destrutivas não encontra problemas em realizar tais tarefas da melhor forma o possível.

Assista também:
Besiege (Early Access)
Flockers

  • Márcio Barbosa

    A música lembra Scribblenauts.