Ronin mistura elementos de tempo real com estratégia em turnos. Todo em 2D, a ação ocorre como a de um sidescroller de ação, até a hora em que um inimigo é visto. Nesse momento, o tempo para, nos dando amplo tempo para pensarmos em qual ação queremos executar, para onde queremos ir e como iremos evitar disparos vindos dos oponentes que estão nos observando.

Trata-se de uma mistura inusitada, porém que funciona muito bem.

Assista também:
Highlands
Massive Chalice (Early Access)

  • gabriel victor

    Tirando o combate esse jogo lembra bastante o Gunpoint. Gostei! Vou comprar!