A humanidade perdeu a guerra. Com essa premissa, Xcom 2 nos coloca em uma guerra ainda mais opressora do que a presente em seu predecessor. Organizados como o último bastião em busca da liberdade da Terra, o jogo faz com que tenhamos de contactar outros focos de resistência a redor do mundo, de forma a aumentar nossas forças e impedir a conclusão do “Projeto Avatar”, que, ao que tudo indica, significará a vitória final e absoluta dos alienígenas.

Mecanicamente, Xcom 2 permanece largamente igual a Xcom: Enemy Unkown, dividido entre momentos de combate estratégico por turnos e construção da base e seus equipamentos. O título está disponível para PC, Mac e Linux. Seu preço base é de R$ 99,90.

  • Pelamordedeus, gente! Porque ninguém usa TAB e SHIFT para ir e voltar alternando entre personagens?

    • Heitor De Paola

      Eu não sei dizer se não é ninguém. O Teixeira claramente não curte, eu uso.

      • É porque já vi isso em vários streamings, de ficar clicando de personagem em personagem para ir trocando 😀

  • Filipe La Ruina

    Comprei o Xcom: Enemy Unkown e nunca joguei, por falta de tempo mesmo. Jogo ele antes desse ou passo direto? Saudades de jogar algo de estratégia.

    • Jogue o EU antes. O nível de dificuldade mais básico do XCom 2 é “Para quem já jogou o anterior”, já de cara 😀

  • Power Otaku-Kun

    É engraçado que esse jogo ganhou localização em 10 idiomas, mas a porra do Português não entrou. Acho que a 2K não gosta da gente mesmo.