Retroscópio – Duke Nukem 3D

Um marco para sua época, Duke Nukem 3D apresentava avanços nunca antes vistos em jogos de tiro em primeira pessoa. Mesclando uma interatividade com o mundo e um humor que não era comum a videogames, o trabalho da 3D Realms era algo especial.

Curiosamente, o jogo, que completa 20 anos em 2016, também marcou o ápice do estúdio, que nunca conseguiu alcançar novamente tal sucesso, indo, cerca de uma década depois, à falência por perseguir ideais de perfeição inatingíveis.

Veja também:
– Mini-Mini-Doc: A História da 3D Realms

  • Bruno Campestrini

    Era bem trash, mas divertido