Graveyard Keeper, jogo para PC e Xbox One dos criadores de Punch Club, tem muito em comum com as mecânicas de crafting de Stardew Valley e Minecraft. Mas ao tratar a morte como um recurso e a fé como fonte de lucro, ele provoca, incomoda e questiona. Neste ensaio, olhamos para como tudo isso faz com que sua abordagem do cenário medieval soe inédita aos videogames — e mais precisa que muitos jogos com aspirações históricas.